O dia-a-dia numa cidade media Europeia em comparação com a vida no Brasil: preços e sentimentos.

Calma gente!

Esse não é um post polêmico de alguém que nunca mais quer voltar para o Brasil. Mas numa semana em que a passagem de Porto Alegre, minha cidade, foi para R$3,05 e se tornou a mais cara entre as capitais do país, não consigo pensar nem escrever sobre outra coisa além das diferenças que venho sentindo no meu dia-a-dia em Málaga.

Minha intenção com esse post é mostrar o quanto vale a pena morar fora por um tempo para ampliar horizontes e, principalmente, para voltar e ver com clareza o que precisa ser transformado nas nossas cidades. Em outras palavras, morar fora é ver um monte de coisas e pensar: “Peraí, por que no Brasil não é assim?”. Aponto 5 delas, as que mais me fazem pensar e até sofrer por antecipação:

parada_espanha

1 – Transporte e mobilidade: Essa foto é de uma parada de ônibus no centro de Málaga. Sim, ela avisa em quanto tempo chega o próximo ônibus. Nas paradas em que não há esse painel, há um número de telefone (e um QR code) e, com o celular, se pode receber a mesma informação. Detalhe: Com menos de 30 euros mensais um estudante pode andar de ônibus quantas vezes quiser. Com 16 euros qualquer pessoa pode andar 20 vezes de ônibus (ou seja, 0,80 euros ou R$ 2,17).

Málaga tem cerca de 700 mil habitantes, já estão construindo um metrô, já tem um trem que leva a cidades próximas (passando pelo aeroporto), tem ciclovia em boa parte da cidade, além desse sistema lindo de ônibus.

ciclovia_espanha

2- Segurança: Essa é clichê, mas não posso deixar de ser repetitiva. Caminhar 20 minutos numa avenida às 2h da manhã sem nenhum medo é uma sensação indescritível. E também tem a ver com a questão do transporte e da apropriação de espaços públicos: não é necessário ter carro, não se sente falta de um, simplesmente porque as coisas funcionam e não se tem medo de usá-las em horários não convencionais. Em 5 meses eu peguei um táxi aqui. Vocês sabem o quanto isso quer dizer em economia?

3 –  As festas/a vida noturna: Os espanhóis tem mania de trocar de bar pelo menos umas 4 vezes por noite. Tudo começa em um restaurante onde se pede uma cerveja e se ganha as tapas (petiscos), depois se toma um chupito de 1 euro em algum bar e se vai para a balada. A música tá ruim? Vamos para o bar da frente! Caminhamos no centro de madrugada, que está cheio de gente caminhando e trocando de bar também. Mas como eles se dão ao luxo? É simples: não é preciso pagar para entrar! Com tantos bares perto um do outro e com a grande concorrência quem ganha é o consumidor.

MALAGA_CENTRO_NOITE

Fonte

Há pessoas trabalhando na rua, convidando para entrar em um bar e oferecendo promoções de bebida. Enquanto isso…em Porto Alegre… qualquer noite lotada e insegura cobra 20 reais a entrada. Isso, claro, depois de esperar 1 hora na fila!

4- Educação/Instalações da faculdade: Sinceramente as disciplinas que cursei até agora não surpreenderam tanto. Há professores ótimos e outros medianos, como em qualquer lugar e isso reforça minha teoria de quem faz a diferença mesmo é o aluno. Por outro lado, não posso ignorar o fato de uma Faculdade de Comunicação ter 5 laboratórios como esse:

LABINFORMATICA

Não posso ignorar também que aqui os alunos recebem bolsas para estudar tanto na graduação como na pós. Apesar de a crise ser grande, esse direito eles não perderam. Além disso, não é preciso uma seleção cheia de etapas para entrar no mestrado ou doutorado. Há vagas!

5 – As pessoas em intercambio: Isso, claro, tem muito mais a ver com a predisposição das pessoas que com a estrutura da cidade. Mesmo assim, é algo que eu não poderia deixar de comentar. As pessoas com quem convivo são de várias partes do mundo. Muitas delas estão “sozinhas”, chegaram aqui na cara e na coragem, sem muito conhecimento do idioma. E elas fizeram amigos, seguem com dificuldade no espanhol, mas vivem com a leveza de quem está de passagem.  Assim como eu, outros jovens intercambistas podem ser convidados para qualquer coisa que a resposta será SIM. Janta, praia, festa, viagem ou um café. Todos querem aproveitar ao máximo porque sabem que um dia vai ser só lembrança. Uma festa com comida típica espanhola no apartamento de umas amigas pode terminar assim… com 50 pessoas!

FIESTA ESPANOLA

A intenção não é criar polêmica e sim compartilhar as minhas reflexões. Sei que não se pode comparar Porto Alegre, com mais de um milhão de habitantes, com Málaga. Sei que o Brasil fica na América Latina, que foi colonizada enquanto do lado de cá eles já estavam muito avançados. Sei também que o Brasil está bem melhor do que foi um dia. Mas não consigo deixar de me perguntar por que algumas coisas não são simplesmente mais fáceis nas nossas cidades. São muitas perguntas e poucas respostas. Mas eu já tenho duas. A primeira é que a Espanha, que não é nenhum exemplo para a Europa, está em 31º no ranking de menor corrupção enquanto o Brasil está em 73º. E a outra…Bom, a outra é que quando eles pensam que vão perder algum direito como cidadãos acontece isso:

HUELGAGENERAL

Fonte: El pais 14/11/12

Nós, em crescimento, temos muito que aprender com eles em crise!

assinatura_lais

  • Verônica dos Santos Oliveira

    Muito bom o post!

    Na minha lua de mel passei 13 dias viajando pela Europa, o primeiro lugar visitado foi Madrid, pronto foi o suficiente pra saber q poderia morar por lá! O transporte é ótimo.. e bem se vê que funciona, pq percebemos que pessoas (a aparência demonstrava isso neh?!) de poder aquisitivo tbm usam, oq ñ acontece de maneira alguma aqui no Brasil!

    Madrid embora seja grande, é mt tranquila.. sem esse trânsito infernal, moro em SP e cada vez q demoro 4 hrs pra chegar em casa, me lembro de como seria mais feliz morando em Madrid kkkkk

    Parabéns, belo post!

  • Carlos Lima Mordsack

    16 anos de admnistração petista fizeram POA ser do jeito que é.

  • lais

    Olha Carlos, não vou lançar uma discussão política aqui, mas acho que não tem muito a ver com o partido que está no poder toda essa questão. É algo bem maior, é a política em si, a apatia dos cidadãos, além dos meios de comunicação que só ajudam a criar uma imagem de baderneiros e vândalos àqueles que se revoltam com o que é revoltante.

  • Thami

    Ola Lais, já viajei para alguns lugares fora do Brasil e realmente a Europa em geral (mesmo em crise) é um pais admirável, assim como as coisas também funcionam nos Estados Unidos, e por este motivo estamos (marido, e filho) indo para lá por uma temporada. Como você citou, a segurança o transporte a educação… são coisas que funcionam em outros lugares, coisa que no Brasil, parece que nunca vai funcionar… é triste…
    Adorei o texto, parabéns!

  • Mariana

    Ótimo post…

    PARABÉNS!
    E precisamos aprender logo…

  • Josiane Borges

    O problema do Brasil é que o brasileiro não se incomoda com essas coisas, simplesmente aceita, mesmo sabendo que está errado.
    Aqui em São Bernardo, grande ABC SP, o preço da passagem de ônibus está um absurdo, R$3,30.
    Algumas pessoas fizeram um pequeno protesto mas não resultou em nada, aliás, quase ninguém sabia que isto ocorreria, inclusive eu, pois não houve avisos sobre isto e não há mobilização dos cidadãos. É tudo no individual e nada no coletivo. Cada um por si e Deus pra todos… lastimável

  • Infelizmente, não dá para comparar a Europa com o Brasil… Eu também senti tudo isso que você falou quando passei por lá (fiz um tour de 19 dias passando pelas principais capitais)… A Europa tem muitos séculos de adiantamento na nossa frente…

    Somos ainda um país em desenvolvimento que precisa de muita coisa ainda… Posso dizer que estamos engatinhando ainda…

    Beijinhos

    • Pablo

      Desculpa, mas este argumento de MUUUITOS brasileiros é infundado!!! Odeio que falam que o Brasil esta engatinhando! Este é o problema do Brasil e de Brasileiros, de não assumirem seus defeitos e sempre acharem uma desculpa!!! Esta joça aqui NUNCA irá mudar, se os próprios brasileiros não mudarem. Brasileiro se acha o “tal” é metido, arrogante, pensa que sabem tudo!!! E quando o criticam, reclamam!!!
      O maior exemplo que dou para quem fica falando que o Brasil esta engatinhando é o USA!!!! Foram descobertos em 1492 e o Brasil em 1500!!! Com este exemplo não preciso falar mais nada!!! Portanto, o Brasil não esta engatinhando m%&#@ nenhuma!!! Este país que é atrasado mesmo, povo corrupto = politica corruta, desonesto, que só sabem tapar o sol com a peneira e não gostam de ouvirem a verdade! Um exemplo disso, foi quando o Valke diretor da Fifa, disse que os brasileiros precisavam levar um chute no traseiro! Todos ficaram revoltados!!! Mas o que foi dito é a pura verdade!!! Brasileiro é incopetente e quando se diz isso. Ficam revoltados! Dou exemplo da incopentencia: Brasil foi eleito a sediar a Copa 2014 em Outubro de 2007! Passaram todos estes anos e não fizeram nada, deixaram tudo para última hora!!! Este é o jeito de ser dos brasileiros e isso não irá mudar!!! Pq esta é a cultura, deixar tudo para última hora, e com o nojento “jeitinho brasileiro”!!! PATÉTICO!!!
      Enfim, este país só irá mudar quando as pessoas mudarem!!! Coisa que será muuuito difícil de acontecer no país dos tupiniquins!!!
      ACORDEMMM sejam mais humildes e assumam seus erros!!!

      • Pablo

        Nota: la palabra correcta es: incompetente e incompetência

        Soy gringo, lo siento…jeje

  • Flá

    Adorei o post Lais!
    Aiii, deu vontade de ir pra Espanha =)

  • Ana Paula Martins

    A primeira coisa que deve acontecer aqui no Brasil, é os próprios brasileiros amarem o país que têm,ou seja valorizarem. Ao invés de mudarem do Brasil, mudarem o Brasil. Críticas são feitas a toda hora mas atitude,nada.
    Ninguém cobra de político, fiscaliza ou faz qualquer coisa desse gênero. Os políticos são corruptos porque nós brasileiros damos liberdade pra isso.
    Seu post retrata um país de gente madura e informada. Nós brasileiros somos como nosso país: jovem e imaturo!

  • Leandro Nicolau

    Muito bacana esta sua postagem.

    Uma amiga minha me mandou e concordo basicamente com tudo que você escreveu; indo um pouco mais além em relação as críticas ao nosso Brasil… (sou do Rio de Janeiro então tenho uma questão bem mais delicada com a questão da segurança… rs).

    Tenho o hábito de no mínimo uma vez por ano colocar o pé na estrada (no caso no avião) e sair por aí, pois creio que não existe modo de aprender mais e melhor e realmente entender como as coisas deveriam funcionar e o porque não funcionar…

    Na Espanha eu conheço apenas Madri, Barcelona e a região dos montes Pirineus…

    Entretanto o local que mais me “deslumbrou” foi a Grécia…, talvez pela paixão pelo país e cultura em si mas também devido a funcionalidade de TUDO e do clima de segurança geral… (recomendo a Grécia para todos os viajantes… rs)

    A Alemanha na minha opinião mostrou-se um passo a frente até do que o restante da Europa, quanto mais em relação ao Brasil… rs

    O Grande “X” da questão é: se temos uma arrecadação recorde a cada ano que passa no que diz a captação de recursos via impostos, porque todos os serviços básicos são ruins e deficientes?

    Tenho certeza que “alguma coisa” está errada e para olharmos estes erros basta virarmos os olhos em direção a Brasilia…

    Mas acho que no país que um boato sobre o fim do “Bolsa Família” gera o caos que gerou não há muito o que fazer…

  • sonia Schwieter

    Oi Lais, foi mui to bom ler USA postagen. Moro an Suisse e estou indo proximity nao para Marbella, Malaga .
    Gostaria de saber se vc pods me dar seu email para powder estate em contacto e necessity de saber Mai’s sobre a vida e escola . Voice poderia me ajudar.
    Aqui vai menu email [email protected]
    Filaria Felix se me respondesse.
    Um abrazo e ate breve

    Sonia

  • sonia Schwieter

    Lais

    Desculpe os errors mas agora que li e nao corrigi. Mas eu sei escrever portugues!!!!!!!!!!!

  • lais
  • Nati

    Laís, ótimo texto e é exatamente sobra uma discussão que tive com um amigo meu, espanhol, agora nas férias.
    Revi ele após 3 anos e ele é o único amigo que ainda está em Londres, após o ano que moramos lá, em 2009.
    E a única razão de ele estar em Londres, é porque em Madri, sua cidade natal, não conseguia um emprego estável e se viu um tanto quanto ‘forçado’ a procurar estabilidade em outro lugar.

    A verdade é que ele não está feliz em Londres e nossa conversa foi sobre o quanto eu tenho sorte de estar em um país como o Brasil, em pleno crescimento. Mas ele, como desconhece o país, achava que as coisas eram tão fáceis como na Europa dele antes da crise. Ficou MUITO surpreso quando contei que sim, tenho um emprego estável, mas conseguia viver muito melhor em Londres trabalhando em um café pelo simples fato do dinheiro render mais lá. Conseguia me alimentar melhor, me locomover melhor e consumir de forma mais consciente. O que aqui não acontece. Felizmente não preciso de coisas e lugares caros para ser feliz, mas dói sim pagar tanto imposto por uma simples cerveja – ou comprando o pão para minha janta no supermercado.

    No fim, a conclusão é que sim, somos uns fudidos cada um a sua maneira, mas depende de nós criarmos novas formas de trabalhar, de ganhar dinheiro e de mudar a consciencia da sociedade em que estamos.

    Espero que um dia enchendo a rua tanto quanto essa foto lindo aí 🙂

  • Viviane Prates

    Me sinto feliz por termos brasileiros estudando fora e contribuindo com sua visão e experiências , parabéns jovem que Deus abençoe você e que em breve possa voltar para fazer diferença no Brasil!!!
    Boa sorte

  • Fernanda

    Oi Laís!
    Adorei seu post!
    Estive em Malaga por uns dias ao longo de um mochilao em 2010 e estou pensando em me mudar pra lá ano que vem.
    Poderíamos trocar algumas “figurinhas” por email?
    Abraço!

  • Aline

    Bom dia!
    Estou com planos futuros de ir tentar uma vida melhor na Espanha, estava procurando uma das melhores cidades para morar e viver com mais tranquilidade, foi ai que eu vi o seu blog e amei tudo isso, a minha empolgação elevou de modo que me deixou mais ansiosa e interessada.
    Muito Obrigada!

  • Ligia Prado

    Concordo plenamente e vivo com um sentimento de pesar aqui no Brasil por saber o que é possível e ver tanta coisa errada na prática. Isso desde os meus 26 anos (1981) quando fui para Londres sozinha. Não acho nada polêmica sua posição. A gente não renega, nem deixa de amar nosso país, apenas vê, como você bem disse, as diferenças gritantes e se pergunta a razão de não termos virado a mesa nestes anos todos… 15, 12, 8 anos que sejam.
    Além disso, amo a Espanha por esse aspecto de curtir as noites, badalar, até mesmo velhinhas de colarzinho de pérolas e bolsinha de verniz, de braços-dados com o companheiro, saem à noite para uma tapa. É muito legal!
    Mas, ainda é tempo para fazermos com que nosso país mude! Felicidades para você !

  • SALOMAO

    EU SOU Salomão CENTRAVANTE DO L.D.A ( LIGA DOS AMIGOS )

    Eu li alguns tópicos nesta pagina e cheguei a uma conclusão!Esse pais é lugar de justificativas para malandragem! Entrei em uma cidade e vi um anuncio,desses que é colocado os valores e tempo de entrega de uma obra publica !E la estava um valor de alguns milhões!Essa obra é mais um chamativo para enrolar a população!Qualquer pessoa leiga sabe que só o monumento de concreto armado que eles fizeram lá dava para fazer um local simples porem seguro e competente para abrigar crianças para que seus pais possam trabalhar!sem contar que gera emprego para outras pessoas!Esse lugar vai ser mais um daqueles que ocupam espaço embeleza a entrada da cidade e povo abraça essa ideia!Eu tenho trabalhado durante 15 anos para conseguir me reestruturar agora pretendo sumir desse País e não voltar mais pois até um baixa renda na Espanha sorri ou num pais europeu qualquer lugar melhor que o Brasil.Se eu fosse vocês não voltavam!

  • SALOMAO

    Ah esqueci essa Shit de city é Jacareí SP onde o prefeito é o Amilton e o Deputado que nos representa é Marco Aurélio!

  • Inez

    Madrid, Madrid, Madrid…………..De Madrid al cielo, como suelen decir los madrileños.
    Mi único hijo es de Madrid.
    Es una tierra que vivi muchísimos años y la quiero mucho de toda mi alma. La verdad, solo en Madrid he sido un día feliz.

  • Rodrigo

    Laís, quero muito ir morar na Europa, mas não sei como entende. Deixar tudo e voltar ao Brasil apenas para visitar.
    Gostaria de tentar um mestrado, mas sem dinheiro isso torna-se impossível. Quais as melhores dicas?

  • Lucy Lima

    #partiuEspanha

  • amanda

    Olá!!!!!
    adorei, mas eu tenho um problema pra poder morar fora e trabalhar, meu filho de 3 anos, sou recém separada e estaria buscando essa oportunidade, mas como eu poderia fazer levando meu filho junto comigo? alguma sugestão????

  • Daniela

    Olá . Primeiro gostaria de parabenizar pela iniciativa de ajudar as pessoas com as duvidas e dicas no blog , muito obrigada, eu sou muito grata a vc hahah.Sou brasileira , mas tenho passaporte espanhol .. Tenho dois filhos que são brasileiros e tem passaporte espanhol .. E tenho um marido brasileiro que não tem cidadania europeia , mas entramos com o pedido de casamento espanhol no consulado do Rio de Janeiro e somos casados a 3 anos (casamento espanhol, no brasieliro somos casados a 16 anos)… Estou indo morar na Espanha (valência) em breve com minha família , gostaria de algumas dicas , se não for incomodo
    1º) Eu e meus dois filhos somos considerados espanhóis , certo ? Então , assim q chegar na Espanha , que documentos tirar ? Porque não podemos ficar andando com passaporte ne .. Tem algum tipo de identidade ou identificação (que aqui no Brasil seria o RG) ou cpf ? Para alugar apartamento (alquiller de piso heheh) , teremos que ter quais documentos ? Para meus filhos estudarem na escola publica em valencia e ter diretos a saúde , como proceder ?
    2º) Meu marido é brasileiro mas não tem cidadania .. Por ele ser casado com uma espanhola , ele pode requisitar identificação espanhola (algo como registro de identificação de estrangeiro ou ate mesmo a cidadania espanhola)? Ou ele seria considerado ilegal ?
    3º) Ninguém sabe falar espanhol ou valenciano(catalão) , porém falamos inglês ( mas achamos que da pra se virar com o básico do espanhol) , vc acha que seria muito complicado arranjar emprego na Espanha ?(eu sei das condições de desemprego quase 25% ai , mais a necessidade das empresas em profissionais com experiência e salários baixíssimos .. Vc acha que nem empregos como garçom , faxineiro , babysitter , etc , conseguiriamos ?
    4º) Para comprar as passagens , teria problemas na imigração do aeroporto de barajas ( na Espanha ) de não ter comprado a passagem de volta ? Precisamos fazer o seguro de saúde obrigatório pelo tratado de Schegen para imigrantes (mesmo tendo cidadania europeia). Acha que encontraríamos alguma dificuldade na imigração no aeroporto de Madrid ?
    5º) Meu filho terminou esse ano o 2º ano do ensino médio no Brasil .. Falta so um ano para completar o ensino médio .. Como ele faz para homologar o histórico dele e transferir o ultimo ano para fazer na Espanha ? Na Espanha eu sei que o ESO (ensino secundário) sao quatro anos e não três como no Brasil , então como devo proceder ?
    6º) Meu filho fará 17 anos em abril e minha filha 18 anos em fevereiro .. Sabe a partir de que idade eles podem trabalhar na Espanha ? A maioridade na Espanha sao com os 18 anos igual no Brasil ? Com 17 anos ja se pode trabalhar legal na Espanha ? Mesmo se for em jornada de trabalho menor que o normal !
    7º) Como funciona o processo para admissão em universidades na Espanha ? Os espanhóis (no caso meus dois filhos que tem cidadania europeia) tem alguma vantagem no processo de admissão ?

  • Carlos

    quais são as regras, para alugar um apto?
    estou indo viver na Espanha com minha esposa que tem dupla cidadania e gostaria de saber se podemos pagar um ano de aluguel antecipado e se você poderia dar algumas dicas

  • Manuel Garcia

    Prezada Lais;

    Sou casado e tenho uma filha de 13 faz um ano que consegui a dupla cidadania, sendo assim já sou cidadão Espanhol. Como professor Universitário preciso do meu mestrado e aqui é muito difícil será que consigo me dar bem por ai.

    Parabéns pelas informações de Málaga.

  • corretíssimo, ficamos 9 dias na Espanha visitei varias cidades barcelona,logruno ,sevilla entre outras, e realmente come tapas e bebe um bom vinho e com um preço excelente e muito bom, e impressionante as diferenças e observei exatamente o que vc comentou eles estão em crise imagina se não fosse a crise,

  • para quem for a barcelona recomendo o bustour excelente vc pode desembarca e embarca nos ponto que acha melhor, para jantar recomendo o CENTOEONZE na av hanba e a atração parque guell de antonio gaudi

  • Fredson Viana

    Gostei muito do post. Encontrei por acaso e achei bacana. Enriquece mais ainda minhas ideias de morar fora. 🙂

  • Leonardo

    Muito bom, tenho muita vontade de ir a Espanha

  • Ivete Maia Bernardes

    Olá Lais,

    Conheci hoje o blog e gostaria de parabenizá-la pela iniciativa e pela qualidade das informações compartilhadas.

    Eu tenho um sonho de cursar mestrado e doutorado na Espanha, quem sabe um dia esse sonho será realizado 🙂

    Abraços e sucesso.

    Ivete Maia Bernardes

  • Leandro

    Olaaaaaa chicoos jejejeje es muy bueno vivir alli en epanha…morei um ano cerca de madrid na cidade de toledo….muitooooo bom…amei sinto saudades…

  • Pedro Monteiro

    Olá Lais,

    Não sei o quanto você conhece a Espanha, mas devido a um projeto do Governo que concede cidadania pra quem compra um imóvel no pais, estou pensando seriamente em mudar pra Espanha, até conseguir a dupla cidadania, saberia me dizer qual a melhor cidade pra morar ai na Espanha? Obrigado!!!

  • Bia

    Acabei de voltar de Madrid e vi coisas que você disse de Málaga na própria Madrid. Transportes públicos baratos mesmo o taxi que eu paguei 9 euros em uma longa corrida, a segurança é impressionante, só precisamos de cuidado com a bolsa pelos batedores de carteira, mas não são como os roubos do Brasil que os caras te roubam e ainda te acertam uma bala na cabeça e muitas vezes não levam nada. Visitei um Carrefour, e fiquei de queixo caído com os preços das coisas, comprei um monte de coisas e paguei 7 euros. E você vê nas praças, nos monumentos, o tratamento com os mesmos, nenhum está pichado, danificado ou foi roubado. É uma diferença gigantesca e de cara perceptível, fiquei 1 semana entre Barcelona e Madrid e me apaixonei pelo país e quero muito fazer um intercâmbio lá quando entrar na faculdade.

    • Maurício Silva Borges

      Qual é a pior dificuldade de morar na Espanha.no começo.

  • Marcelo

    Ola Laís

    Eu morei durante nove anos na Espanha, retornei ao Brasil em 2009 depois que me separei. Hoje morando em Salvador de novo e com uma filhinha de dois anos, me passou na cabeça voltar a morar fora. Sei que a Europa apesar da crise, ainda segue sendo melhor que morar aqui no Brasil, isso também depende muito do ponto de vista de cada um, pra mim, sim. Morei em Santiago de Compostela e depois fui para Barcelona, onde passei maior parte do tempo. Agora estou estudando a possibilidade de retornar. Espero que apesar dos estudos, esteja se divertindo bastante na Europa. Um grande abraço.

  • Maurício Silva Borges

    Eu pretendo sair do rio e morar na Espanha, eu gosto da Espanha e do idioma é mais fácil do que inglês kkkk.

    • Tamara Novais

      Tipo isso kkk

  • Maurício Silva Borges

    Pessoal qual é a cidade melhor para morar Barcelona ou Madrid? Me responde alguém.

  • Micheline

    Gostei dos eu post! Gostaria só de saber qual é a universidade que você cita como referência? Obrigada desde já!

  • WAGNER

    excelente materia, e isso mesmo, enquanto o pais for comandado por esse bando de guerrilheiros e anarquista vai ser ruin sim.

  • Lais, como é a questão da saúde na Espanha? É igual ao Brasil? Precisa ter convênio pra ser bem atendido ou a saúde pública é suficiente?

  • JHON TORRES

    Ótimo blog!
    Tava pensando em mora na Espanha,tava pensando em mora em Málaga parece ser boa cidade !
    Thais você ainda mora na Espanha?
    Se sim poderia fazer uma comparação de coisa(tipo roupa,eletronico e etc ) de Málaga e de alguma cidade do brasil acho que ia ser maneiro

  • José Ramos

    Boa Tarde,

    O meu nome é José Ramos. Sou um cidadão Português a viver no Brasil. Sou
    casado com uma cidadã Brasileira com a qual tenho duas filhas com dupla
    cidadania, Portuguesa e Brasileira, uma com 12 anos a estudar no 7º Ano
    e a outra com 10 anos a estudar no 4º Ano, as duas a estudarem numa
    Escola Publica aqui no Brasil.

    No inicio do próximo ano, Janeiro ou Fevereiro, nós iremos viver e
    trabalhar para Gran Canária. Iremos viver em El Tablero de Maspalomas e
    trabalharemos em Playa del Inglês. Quero colocar as minhas filhas a
    estudar num Colégio em Maspalomas e preciso saber que documentos serão
    necessários e se precisam ser carimbados e reconhecidos em algum
    Cartório ou Consulado.

    Agradecia uma resposta rápida da sua parte, porque o tempo passa rápido e
    eu preciso de ter tudo pronto até ao final deste ano. pode me escrever
    para [email protected]

    Obrigado pela sua atenção.