São Pedro é uma estância turística que fica no Circuito das Águas e está há umas 3 horas de São Paulo. A cidade possui uma estrutura bem legal para o turismo e conta com atividades na água, na zona rural e até radicais, no alto da Serra do Itaqueri.

Lá é uma daquelas cidades que tem quitutes e moda de viola na praça, sabe? Além de passeios baratinhos ou mesmo de graça, e muitas lojinhas pra comprar ou só passear mesmo.

Se você quiser, dá pra ficar 1 dia só, mas também dá pra passar um fim de semana bem agradável, como eu passei 🙂 Aproveitei o feriadão de Páscoa (e só vim escrever sobre isso hoje, mas tudo bem, rsrs) e fiquei por lá desvendando a cidade pra contar tudinho pra vocês…

10253902_622830781124563_258690986948775508_n

Pra começar, a pousada foi um achado de internet. Depois de tanto procurar e me decepcionar com os preços abusivos, encontrei uma pousadinha na zona rural, num preço acessível até demais. Fechei na hora e já corri pra fazer o depósito! E como AMEI o lugar, me senti em casa!

 

sao-pedro-primeiro-dia

Fizemos compras de enxoval na praça principal. Dá pra fazer a festa! Tem caminho de mesa por R$10, guardanapos bordados por R$2… Gente, é a perdição pra mulher recém-casada, noiva, solteira! Na mesma praça tem a feirinha do artesão, com sabonetes de ervas, peças de cama, mesa e banho, além de guloseimas deliciosas.

Falando em guloseimas, em São Pedro tem a MELHOR doceria que já vi, daqueles bolos que a gente lambe os beiços, sabe? Tô falando da Doceria Zuleika’s, ela fica bem no centro da cidade e também não há como não achar, tá sempre lotada de gente! Tá tão famosa que já saiu no Guia Quatro Rodas inúmeras vezes, mas não é nem por isso que estou citando aqui, é só porque o doce é tão bom, mas tão bom, que não dá pra resistir – eu como aquele pedaço bem grandão e fico querendo mais.

Pra terminar o dia, uma passeada pela Praça da Matriz e uma pausa para foto da Igreja, claro! Todo mundo tem uma mania de viagem, tem gente que compra aqueles enfeitinhos e quando vê a estante tá cheia, os armários do quarto e a parte de cima da geladeira também! E tem aqueles que adoram fotos, mas não fotos da viagem toda, fotos de coisas específicas. Eu não sei porque, mas ADORO fotos de Igrejas (vocês perceberão muito isso nos meus posts), e não se trata de religiosidade, mas de estética – adoro o estilo arquitetônico delas!

10178131_621953781212263_5003845909455230502_n

E você, tem alguma mania de viagem? Conta pra gente! 😀

 

sao-pedro-segundo-dia

Acordamos cedinho, tomamos um café reforçado e partimos pra conhecer outros atrativos de São Pedro: Parque do Cristo, Voo de Parapente e Cachoeira do Astor.

O voo de parapente é para os radicais. Custa de R$150 a R$200, mas pra quem tem vontade vale a pena guardar um $$$ e desfrutar da vista panorâmica – é linda!

988859_621956954545279_1062521204048734327_n

O Parque do Cristo está localizado há 900 m de altitude, em meio à serra do Itaquerí, de onde é possível ter uma visão panorâmica de São Pedro e mais seis cidade do entorno. Pra chegar pegamos uma serra bem íngreme (é preciso ter cuidado, hein?), mas vale super a pena, pois a paisagem é maravilhosa. O Cristo Redentor é um monumento que tem 17 m de altura, seu acesso pode ser feito por carro, pela antiga trilha da pedreira ou, ainda, pela escadaria – que possui 124 degraus.

Eu fui lá subir a escada, dizem que quem sobe sem sacrifícios é puro de pecados. Mas, gente, eu só vi crianças subindo no pique, juro! hahaha É bem difícil!

Ah! E tanto a entrada quanto o estacionamento são gratuitos 😉

10290647_621954041212237_1766932572099535984_n

Já as cachoeiras, na divisa de São Pedro com Brotas, são im-per-dí-veis! Só há dois problemas:

  • são muitas e não dá pra conhecer todas – temos que optar por, no máximo, 2;
  • e o caminho pra chegar até elas também é difícil – são de 5 km a 10 km de terra, em meio a pastos e criação de gados.

Mas digo a vocês: pela imagem, vale a pena todo o esforço! E nada como um banho de cachoeira, bem geladinho, pra renovar as energias!

10295755_621955841212057_2550570605743828392_n

 

Principais gastos:

Tempo de permanência: 2 dias
Hospedagem: R$ 150
Almoço: R$ 24, com suco e sobremesa (o casal)
Visita à Cachoeira do Astor: R$ 20 (por  pessoa)
Jantar: R$ 54 (o casal) + Chopp em Águas de São Pedro por R$25

Pontos Turísticos obrigatórios:

 

São Pedro é mara! Se forem, me contem 🙂

Um beijão,

assinatura_moniky-cruz

NO COMMENTS