E que repercussão boa tivemos com o primeiro post! Obrigada gentê!

Muitas dicas e ideias vocês me deram, estou organizando tudo em pautas por aqui, pra que vocês aí sejam atualizadas sobre todos os detalhes das minhas pesquisas.

Mas a primeira coisa que fiz, foi pesquisar os planos de saúde para gestantes e coincidentemente a leitora Patrícia sugeriu pra que falássemos disso. Patrícia, essa é pra você! Rsrs!

Como vocês, estava cheias de dúvidas do qual seria melhor para mim e para o bebê e não sabia o tipo de serviço mais adequado pra tal. Mas descobri informações valiosas e vou dividir com vocês. Bora!

A primeira coisa que me veio na cabeça foi o bem estar nas últimas semanas de gestação e o parto em si. Quero fazer parto humanizado na água (vamos conversar sobre isso mais adiante) e procurei horrores um plano de saúde que cobrisse esse parto, porém descobri que isso não diz respeito ao plano e sim, ao hospital. Escolhi o hospital Antoninho da Rocha Marmo aqui em São José dos Campos, referência em incentivo ao parto humanizado no Brasil, mas apesar de ser referência infelizmente eles não fazem o parto humanizado na água, mas em contato com o plano de saúde que escolhi, fui informada que é uma questão de negociação, deixemos isto pra mais pra frente.

Perguntas importantes pra serem feitas antes de fechar o plano:

1. O plano cobre a acomodação em apartamento ou acomodação na enfermaria?

Apesar de ser um pouco mais caro, a acomodação em apartamento tem vantagens que a enfermaria não tem, como por exemplo: o bebê e um acompanhante podem ficar com a mãe 24h por dia, no tempo que precisarem, o apartamento tem um banheiro com chuveiro adaptado (no caso de cesárea, facilita o banho da mãe) e o melhor, a mamãe e o bebê podem receber visitas a qualquer momento, enquanto que na enfermaria são em horários pré-estabelecidos pelo hospital.

2. O plano cobre todos os exames e consultas?

Existem planos de saúde que cobrem apenas parte dos exames e consultas, ou seja, a mãe terá que pagar o plano mensal e mais a porcentagem de cada exame e cada consulta, que no fim das contas o barato acaba saindo caro.

3. O plano cobre o parto?

O parto geralmente tem uma carência do plano (de 10 meses), ou seja, pra quem deseja encaminhar o seu baby pra daqui um mês, o ideal é fazer o plano agora, vale mais a pena, pois o custo é menor do que o do plano sem carência de parto.

Depois destas questões decididas, fechei meu plano de saúde com 10 meses de carência do parto, cobertura de todos os exames, consultas e acomodação em apartamento, isso tudo ficou em R$ 185,00/mês (o valor varia de acordo com a idade da mãe).

Espero que tenha esclarecido estas questões e que vocês escolham o melhor plano de saúde, mamães e futuras mamães.

Se tiverem mais dicas deixem nos comentários e vamos conversando!

Beijo!

assinatura_lerrine

  • Fernanda

    Muito legal o tema, Sam! Parabéns!!

    Beijinhos

  • Patricia Xavier

    Estou lisonjeada…kkkkkk. Muito boa a matéria. Parabéns!

  • Luciana

    Esse é um grande problema.. plano de saúde, pelo menos aqui no Rio, é muito caro! Sei da necessidade que temos de ter um plano, principalmente quando planejamos a chegada do baby, mas é um valor que pesa no bolso!

    Amei o post e estaremos juntos nessa trajetória Lerrine!

    Bjs

    • Realmente Luciana, quando planejamos um filho, esta despesa é uma das coisas mais importantes pra se programar. Obrigada pelo apoio!! Beijo!

  • Dani-Cuiabá-MT

    Lerrine, ótimo post!
    Vou até fazer algumas anotações, já que você colocou pontos para os quais eu não tinha me atentado ainda.
    Eu sou dependente no plano de saúde do meu pai e estou analisando os diferentes planos para que eu possa sair do plano dele e fazer outro com o meu esposo. Para o pré-natal, tem alguma carência?
    Só uma dúvida: a cobertura dos procedimentos será a mesma para o bebê? Ninguém quer voltar para casa sem o baby, mas pode acontecer de ele precisar ficar internado, né…

    Você é super corajosa por querer o parto humanizado, hein! Minha mãe, que teve 4 filhos por parto normal, vive dizendo que hoje faria uma cesariana… eu quase morri, pois, desde o finalzinho do pré-natal, devido a algumas complicações, o médico já tinha dito que o parto deveria ser uma cesariana, mas ela não aceitou… de tanto ela falar isso, acho que eu vou ficar com muito medo de encarar o parto normal! Curiosa para os demais posts e fale-nos mais sobre os tipos de parto e porque escolheu o parto humanizado! =]

    • Oi Dani! Que bacana que este post te ajudou, fiquei feliz..rs! Sobre o pré-natal, na verdade é uma bateria de exames que o médico irá te pedir, e conforme expliquei no post, dependendo do plano ele cobre integral ou parcialmente. Sobre o plano de saúde do bebê, ele é contratado à parte logo depois do nascimento e tem cobertura de internação e UTI. Ele entra como dependente da mãe, no meu caso ficaria o valor adicional de R$ 154/mês. Espero ter ajudado.Vou preparar um post completo só sobre tipos de partos e em breve posto, ok? Obrigada pelo seu comentário. Beijo!

  • Amanda

    Olá na minha primeira gestação fiz tudo no hospital publico (sus), mesmo pq ainda era adolescente e não entendia do assunto kkkkkkk mais minha medica era um amor já me conhecia desde da minha primeira menstruação então foi super tranquilo, só os exames como ultrassonografia que eu fazia eram pagos, pois pelo SUS demora bastante…a unica coisa que não gostei e que ninguém pode acompanhar meu parto e fiquei no quarto da enfermaria sozinha pq os horários de visitas eram muito curtos.. pretendo ter outro bb em um futuro próximo porem queremos nos organizar pra fazer todo certinho e com plano de saúde dessa vez..
    Amei o post,Parabéns!!!!!!!!!!!

    • Oi Amanda! O seu caso, você ficou em acomodação na enfermaria né? Realmente deve ser ruim ficar sozinha neste momento mágico. Se organize com o próximo baby mesmo, vai ser bacana! Obrigada pelo seu comentário! Beijo!

  • Lerrine,

    Parabéns pelo post, quando for planejar meu baby com certeza usarei essas informações preciosas…

    Beijos.

    http://casaroucomprarbike.blogspot.com.br/

    • Obrigada querida e seja bem vinda sempre! Beijo

  • Vivian

    Muito bom o post, realmente nos dias de hoje esse assunto é fundamental!
    185 reais?! Que plano é esse e quantos anos você tem? shauhsuash. NUNCA que eu acho um plano nessas condições aqui no RJ.
    Boa sorte no seu planejamento e pro seu baby!

    • Oi Vivian, é realmente barato, mas leve em consideração que tenho 23 anos..rsrs! Beijos!

      • Hanna Rocha

        Tbm tenho 23 anos e gostaria de um bebê mas queria planejar tudo antes. Mas os planos que vi me passaram o preço de 350 pra cima sou do rio que plano e esse?

  • Monica Zappa

    Ótimo o artigo! Eu diria ainda, que para garantir o melhor plano de saude seria importante planejar a gravidez, para escolher o plano mais satisfatório para a mãe e o bebê, já que independente da operadora todos os planos de saúde impõem carência de 300 dias para parto.

    No site MoneyGuru é possível analisar e pesquisar por planos de saúde, incluindo para mulheres que querem engravidar ou até para as que já possuem bebê recém-nascido. O site indica o melhor plano para cada pessoa: http://www.moneyguru.com.br/meu-bolso/o-melhor-plano-de-saude-para-o-seu-perfil/

    Abraços!

  • Luciana

    Oi Le!! Adorei esse seu post.. Mas estou perdidinha.. Estou na 6 semana de gestação, vc sabe se há possibilidade de contratar um plano de saude estado gravida?

    Obrigada e boa sorte!!!!!
    🙂