Oi, gente! 🙂
Tudo bem com vocês?

Bom, antes de começar a contar onde vou levar vocês dessa vez, queria dizer que tem um recadinho pra vocês no fim do post ♥ hahaha

Hoje, vim contar sobre um ponto bem central de Curitiba: a Rua XV de Novembro ou, simplesmente, Rua das Flores, um lugar cheio de pessoas, que liga dois pontos legais da cidade em seus extremos: Praça Santos Andrade, onde há a UFPR e seu prédio histórico lindo, e a Praça Osório, onde há a feirinha das nações.

Vamos lá? 😀

P1310112

A Rua XV é o nosso ”calçadão de Copacabana”, só que com uns 20ºC a menos na temperatura e sem praia 🙁 rsrsrs Mas não deixa de ser deslumbrante, viu?

Ela é bem extensa, mas vale a pena o caminho: repleto de casas antigas, sobrados fofos e um contraste gigante do novo com o antigo, como a Casa das Canetas, uma das primeiras lojas a serem estabelecidas lá, e, a poucos metros dali, uma outra lojinha de várias coisas, recém instalada.

P1310102

Aliás, ôôôh lugarzinho bom pra comprar qualquer coisa, viu? Desde bugigangas de R$1,99 até roupas, variando mais ainda de lojas de grande porte a lojinhas daquelas fofas, com peças quase que exclusivas. Mais fácil que isso, só mesmo encontrar todo tipo de artista de rua: desde pintores expondo suas obras, a palhaços de rua, índios se apresentando…

Mas, em especial, tem um rapaz que sempre me para lá. É um artista hippie que faz coisas lindas demais com aqueles ferros, arames (não sei o nome), como porta-retratos e até o nome dos noivos – para aquele clássico cabide, sabe? Também não lembro o nome dele, na verdade acho que nunca perguntei. Sempre levamos uma conversa super legal e, às vezes, fico um bom tempo batendo papo 🙂 Dele já me vieram duas peças maravilhosas: um marcador de textos e um porta-retrato com meu nome! É incrível a energia que ele passa, sempre me cumprimenta com um saudoso: ”Bate bem forte pra dar sorte”.

(Arquivo pessoal)
(Arquivo pessoal)

No fim da rua, temos a Boca Maldita, lugar histórico desde sempre e que hoje é palco de inúmeras discussões – tem até um povo que se encontra apenas pra discutir um tema relevante…

Rodeando a Rua das Flores temos o palácio Avenida, um dos mais importes da cidade, onde é tradicionalmente realizado em suas janelas, desde 1991, um espetáculo natalino com coral de crianças e músicas típicas.

Cansou? É só sentar e parar pra tomar um bom cafezinho e comer algo num dos diversos barzinhos que há por ali!

P1310104PS: as fotos são do Guia Turismo

Antes de ir embora queria dar meu recadinho: é um agradecimento a vocês, queridas e queridos leitores, por estarem me acompanhando aqui, e por algumas pessoas que me procuraram no Face e mandaram mensagens 😀

Quem ainda não tem meus contatos, pode me achar em qualquer lugarzinho pra bater um papo legal comigo e ouvir minhas dicas 😉

Estou no Facebook, meu email é [email protected] e meu Instagram @gabicarlimm. Meu outro agradecimento vai pra Carla e toda a equipe do Morando Sem Grana, pela paciência e carinho que têm comigo até aqui!

E, agora, finalmente, fico por aqui… Bate bem forte pra dar sorte! rsrs

Beijos,

assinatura_gabi-carlim

NO COMMENTS