Olá Gente,

Hoje vamos relaxar?

Você vai viajar para o Rio e quer conhecer o Pão de Açúcar? Mora no Rio e nunca foi no Pão de Açúcar ou já foi e quer ir de novo, mas a grana está curta?  Seus problemas acabaram! Vou ensinar uma coisa que poucos sabem!

Aos pés do Morro da Urca existe uma trilha que leva você direto à estação do Morro da Urca. Aí você vem: “Ah Cá! Fazer trilha??” Gente, vamos parar de preguiça! Essa trilha é a mais tranquila aqui do Rio. No ano passado, em outubro, eu fui com o meu noivo e a minha cunhada, os três mega fora de forma, e fizemos em 40 minutos, que é o tempo médio. Se vocês estão com tudo em cima, o tempo cai para 15 a 20 minutos. A paisagem é linda, clima super fresco, e a trilha é uma escada!

E aí, o melhor: depois da subida, você pode descer o bondinho de graça! Isso mesmo que você leu, DE GRAÇA! Mas atenção: você só desce de graça após as 18h, no horário normal, e das 19h quando estamos no horário de verão, porque a trilha fecha quando escurece. No site do Bondinho não tem isso escrito, mas foi assim que fiz, e vale a pena. Por isso, aconselho você a fazer essa trilha por volta das 16h30hrs. Para ir ao Pão de Açúcar, que é o morro mais alto, tem que pagar o bondinho, mas sinceramente, a única diferença é a altura mesmo – eu acho o Morro da Urca mais legal!

Aqui vai uma mapinha para vocês entenderem.

A trilha acontece na Pista Cláudio Coutinho que fica na extremidade esquerda da Praia Vermelha. A entrada da trilha é bem sinalizada tem uma placa indicando.

Mapa

Depois dos 40 minutos de subida você chega na estação do Morro da Urca. Lá tem restaurante, sorveteria, um museu sobre o Pão de Açúcar, vários monumentos para tirar muitas fotos, e, é claro, tem a cidade inteira aos seus pés para tirar quantas fotos vocês quiserem! Sou carioca de carteira gente, amo muito essa cidade. 😀 E ver as luzes da cidade acendendo é demais!

Foto 1 Foto 2

Recomendações da Cá:

– Levar lanchinhos, os restaurantes/lanchonetes são caros.

– Não jogar lixo na trilha.

– Use repelente.

– Não dê comida aos animais que vivem na trilha (como os macacos), eles precisam saber se virar no meio em que habitam, e manter o famoso instinto de sobrevivência animal.

– Não pense em ser uma Jane ou Tarzan e sair da trilha, você se perderá facilmente.

– Não caminhe sozinho, ande sempre com um pequeno grupo.

– Não fume na mata, pois pontas de cigarros são causadoras de incêndios.

– Fiquem atentos aos trechos íngremes e escorregadios, sempre faça uma trilha com atenção.

– Use roupas confortáveis.

 

Foto 3 Foto 4 Foto 5

 

Espero que tenham gostado da dica. Quem fizer por favor, me mande uma foto! 😀

Alguma dúvida? Dica? Mande um email: [email protected]

Bjokas da Cá

assinatura_camila

  • Mônica

    Oi Camila,

    Adorei o Post, sou doida pra conhecer o Rio mas quem sabe nas próximas férias!

    Obrigada pelas dicas!
    =]

    • Camila Tahan

      Oi Mônica, vem pro Rio sim, apesar dessa midia negativa dos ultimos dias! Aqui é lindo! O povo é simpatico! E vc vai se diverti muito! O Rio é uma cidade que tem de tudo, montanha, praia, floresta, cachoeiras… XD… Bjao

  • Nayara

    Camilaaa… amei seu post, agora poderia dar dicas de lugares (bairros e hoteis) bacanas e mais em conta, para gente néh?/ To doida pra conhecer o Rio!!

    • Camila Tahan

      Oi Nayara, vou anotar a sua sugestão e fazer um post sobre isso! Pode deixar! 😀 .. Pode ter certeza, vc vai gostar muitooo do Rio! XD.. Bjao

  • Para quem curte trilha, é uma boa pedida! Eu sou meio suspeita para falar isso porque trilha não é muito a minha cara! Vivo caindo e, o mais engraçado, levo as pessoas para o chão comigo!!! kkkkkk….

    Beijinhos

    • Camila Tahan

      Oi Fê! te entendo perfeitamente… eu tinha o péssimo habito de fazer trilha de sandalia rasteira… logo, eu cai ou dava topada, a unha do meu dedinho do pé está roxa por causa de uma trilha em trindade(paraty) =/ que eu fiz há 2 anos… Eu não era de trilha, mas depois de fazer para fugir do calor, amei, e essa é muito tranquila. Bjaoo

  • Evelin Rosa

    O Rio de Janeiro continua LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO 🙂

    • Camila Tahan

      Muito lindo 😀

    • Camila Tahan

      Muito lindo:D

  • Oi Xará!!!
    Adorei o post! Sabe que eu vou super usar, né?
    hehehehehe

    Aceitamos mais dicas e fotos lindas do Rio, de Paraty, de Trindade…

    Bejooo!

    • Camila Tahan

      Quero foto hein?! Senão não vale! heheh
      Vou escrever mais pode deixar! XD bju

  • Adorei a dica! Conheci o Rio mês passado e me apaixonei!

    • Camila Tahan

      Obrigada! E qual foi o lugar que vc mais gostou? Bju

  • Amanda

    Que triste! rs

    Estive no Rio há duas semanas e CLARO que paguei aquela pequena fortuna para subir..rsrs

    Mas obrigada pela dica! Vale ouro…

    Ahh eu aluguei um apto lá…quem vai em 2 casais já compensa fugir dos hotéis…

    bjs bjs

    • Camila Tahan

      É uma fortuna sim! Pelo menos os residentes do Rio pagam meia. Acho um absurdo o preço! Isso sobre hoteis é uma coisa que eu nunca pesquisei, mas gostei da dica. Obrigada! Bju

  • Eveline

    Oi Camila,

    Mandou bem Camila, pois de carioca pra carioca esse é um dos melhores lugares do Rio. Amo de paixão a Urca e o Morro da Urca.

    O passeio vale muito a pena pessoal e seguindo as dicas da Camila a economia será considerável!!!!

    Beijinho

    • Camila Tahan

      Obrigada Eveline! Poe economia nisso! É um dos mais lindos mesmo! O meu favorito é o Aterro e o por do sol no Arpoador. 😀 Bju

  • Oi Adorei as dicas se for aí com certeza farei o passeio!

    Beijocas

    http://casaroucomprarbike.blogspot.com.br/

    • Camila Tahan

      Tira uma foto e me manda! 😀 bjaoo

  • Márjore

    Eu fiz essa trilha e amei!!! Mas eu subi e desci pela trilha…Você só não falou na quantidade louca de macacos que vem pra cima de você quando abrir o pacote de biscoitos…hahahaha São MUITOS MACACOS, gente!

  • Ana Priscilla

    Oi Camila, adorei o post! Qualquer dia vou tentar essa trilha, não agora pois estou na correria para o altar, mas se fizer te mando fotos! Tá de parabéns!!!! Poderia fazer um sobre Paraty, vou passar a lua de mel lá e gostaria de saber uns lugares legais! Beijos linda!

  • Fabio

    Apenas uma correção, só se volta de graça no bondinho a partir das 19h, independente de horario de verão ou horário normal.

    Acabei de fazer a trilha no final da tarde pra aproveitar a volta de graça, mas fomos surpreendidos com a notícia que a volta de graça seria apenas as 19h, quando fecha a bilheteria, e acabamos pagando R$ 13,50 por pessoa pra descer pq já estava escuro e não queriamos esperar mais uma hora.

    Só pra constar…

    • Camila Tahan

      Poxa, não sabia que agora estava assim, pq era sempre que esquerecesse que eles deixavam descer. =/

  • Vitoria

    Camila,
    Estou me programando para ir ao Rio e adorei a dica! Com certeza vou fazer!
    Mas só uma duvida, caso saiba responder: a gratuidade na descida ocorre todos os dias ou em dias especificos? (Pretendo fazer a trilha em uma segunda feira a tarde). Muito obrigada! 😉

  • Simone Cavalcantti

    Boa Noite Camila,

    Fiz esta trilha na minha adolescência com a turma do colegial, foi muito bom, jamais esqueci e mesmo morando no Rio, a preguiça acaba nos congelando. Mas este ano decidi que seria diferente, a idade vai chegando e quero recuperar meu tempo, minha liberdade. E essa retomada se fará com o retorno a trilha da Urca. Foi muito bom falar com você. Bjs pra todos! Viver é superar barreira!

  • Antonio
  • Coralina

    Camila, você acha que eu e meu marido subir pela trilha com nosso filho de 2 anos e 8 meses seria complicado? Ainda por conta do horário para descer?\
    Obrigada!

  • Rose Diniz

    Essa trilha é realmente muito legal, sou do Paraná e fiz quando fui visitar o Rio, as paisagens são lindas, como todas do Rio. Eu curti muitoooo, ótima dica a sua Camila, tem cariocas que não sabem disso. Beijo enorme!

  • Wallace Andrade

    Muito legal a sua dica Camila! Graças a ela nosso feriado foi show!
    Passa lá no nosso blog. http://goo.gl/U44Lrr Tiramos muitas fotos e contamos como foi a nossa experiência.