Oi gente! Sou a Laís, me casei ano passado e escrevi para o Casando Sem Grana contando como foi meu casamento. Gostei tanto dos retornos que resolvi dividir minhas experiências. Cá estou para falar de como consegui e como vem sendo morar na Espanha e viajar pelo mundo com pouca grana. Hoje o papo é: morando no exterior sem grana.

Há pouco tempo atrás estar comendo um pan tumaca com azeite de oliva em uma calle peatonal (rua que não passa carros) em Málaga me parecia uma ideia muito distante. Pois e não é que eu tô aqui, fazendo um Mestrado em comunicação na Universidad de Málaga?

Em 2011 eu já tinha me inscrito e passado no processo de seleção de mestrado aqui, mas como não tinha dinheiro suficiente para vir, tive que negar a vaga. Chorei, passei um tempo com isso entalado na garganta, mas posso dizer que foi o que me aconteceu de melhor. Entre milhões de sites e contatos com todos os países e entidades, encontrei um edital para o ano letivo 2012-13 do Rotary Internacional  e ganhei uma bolsa educacional. Desde outubro/12 eu e meu marido vivemos aqui com pouca grana, mas muita disposição e curiosidade.

Cada um tem uma história e uma meta diferente, alguns querem estudar outro idioma e viver fora por alguns meses. Eu tinha que escolher o mais difícil: fazer um mestrado! Mas mesmo assim, juro que não foi tão difícil. E aproveito para compartilhar alguns passos com o que acho importante e o que deu certo para que essa ideia ‘maluca’ virasse realidade:

mestrado-no-exterior-como-conseguir

1 – Ter ou ir atrás de um professor ou de uma linha de pesquisa que você goste. Todo mundo tem/teve um professor na faculdade que é querido, que sonha com bons alunos, que conhece alguém que conhece alguém no exterior. Estabeleça contato!

2 – Escolha o país. Sim, o contato com o professor é antes! A não ser que você tenha curiosidade de ir para um país específico, o melhor é estudar as possibilidades antes de escolher o foco.

3 – Peloamordedeus saiba pelo menos um pouquinho do idioma do país para onde você quer ir (é necessário para ler editais, sites, escrever email, enfim…)

4– Estude as seleções. Em todos os sites de todas as universidades há informações sobre os cursos, as seleções, os prazos e os documentos. Não tenha preguiça! Leia, leia, leia! E depois escolha as mais ‘fáceis’ ou plausíveis. Algumas universidades pedem muito mais documentos que em outras. Vá atrás daquela que pede aquilo que você pode entregar. A UMA  tem um processo para pós graduação muito mais tranquilo que os do Brasil.

5 – Se inscreva! Minha carta de apresentação não tá boa, meu expediente acadêmico não é dos melhores… E daí? Tente! Quando você menos esperar terá um email da universidade na sua caixa. A Europa não é como o Brasil que, infelizmente, tem 50 candidatos para uma vaga de mestrado ou doutorado. Se você quer fazer um semestre da graduação fora é mais fácil ainda.

6 – Procure bolsas de estudos. Ok, isso não é fácil MESMO. Talvez eu faça um post só com os links que tenho de tudo que eu procurei, mas enquanto isso … GOOGLE: Bolsa+estudos+país que quero ir. Lá terão milhões de coisas sem sentido, mas no meio, só para os fortes e pacientes, depois de muitas horas de pesquisa, terá algo em que você se encaixe.

7 – Fique ligada nas datas. Na Europa e em muitos outros países o ano letivo começa em setembro, mas os pedidos para bolsa às vezes abrem antes das seleções (lá por abril).

Espero que esses primeiros passos sirvam de inspiração. Aguardo as dúvidas de vocês para montar um próximo post focado no que vocês querem saber. Mas enquanto isso, que tal conhecer Barcelona pagando pouco?

malaga-espanha

Fiquem ligadas!

Un besito!

assinatura_lais

  • Fernanda

    Oi, Laís!!

    Bem-vinda ao time!!! Amei o seu post e acredito que você vai engrandecer este blog ainda mais!!!

    Beijinhos

  • Ameii seu post, aguardo mais super dicas!!!

    Meu noivo sempre sonha em algum dia fazer um mestrado em outro país, quem sabe com suas dicas não conseguiremos realizar nossos sonhos…

    http://casaroucomprarbike.blogspot.com.br/

  • Priscila

    Oi, Laís!
    Tudo bem?

    Também me casei com a ajuda do “Casando sem Grana” e, agora, estou prestes a me mudar para Portugal com as dicas do “Morando”. Adorei o seu post e vou continuar por aqui te acompanhando.

    Força nessa jornada e que seja uma grande experiência 🙂

    Um beijão!

  • Janis Souza

    Amei o post. Parabéns!
    Sou estudante de Psicologia e eu sempre quis estudar fora, mas meus planos foram perdendo força no caminho, devido as adversidades da vida. Mas o sonho, esse continua lá, quietinho, lá no fundinho do coração, só a espera da oportunidade. Sei que a graduação terá que ser completada por aqui mesmo, mas a ideia de fazer um mestrado fora me aquece o coração, quem sabe um dia…!
    Obrigada, pelo “passo a passo” realmente ajuda muito, nessas horas ficamos perdidinhas e nada melhor do que ler indicações de alguém que já conseguiu.
    Parabéns pelo mestrado!

  • Milena

    Engraçado que hoje mesmo estava procurando mestrados em comunicação no Brasil e foi uma pesquisa fail. Não tinha pensado na possibilidade de fazer fora do Brasil. Mas é uma ótima ideia. Obrigada por compartilhar, Laís. Vou guardar suas dicas

  • Fernanda Lopes

    Oi Laís… é vc a dona daquele casamento Boho Chic!
    Seja bem-vinda… E boa sorte com o mestrado e os achados.
    Beijos

  • Laís Ribeiro

    Oi gurias!
    Obrigada pelos comentários!! Que bom que vocês gostaram!Espero que sirva de inspiração 🙂
    Quem tiver dúvidas pode perguntar, que vou respondendo aos poucos…
    BOHO CHIC! A-d-o-r-e-i o comentario sobre meu casamento!! beijos

  • Débora Previati

    Oi Laís!

    Meu nome é Débora, adorei o seu post, me incentivou muito! Sou estudante de Direito, me casei no ano passado e tenho muita vontade de estudar e trabalhar fora… Parece sempre muito difícil, pela questão da documentação e de encontrar um trabalho, pois vou precisar trabalhar… Não sabia por onde começar, mas você me ajudou bastante! Se puder dar mais dicas sobre as bolsas de estudos e do processo com a documentação eu agradeço! Obrigada e parabéns pelo mestrado! Beijo

  • Nathalia

    Oi Laís!! Parabéns pelo post e pela coragem ! Adorei e me inspirou. Termino o mestrado esse ano e pretendo fazer o doc fora.
    Conte-nos um pouco mais sobre o custo de vida daí.. Vcs foram com quanto de grana mais ou menos?
    Estão trabalhando ou só com a grana guardada e a bolsa?
    Como foi conseguir a bolsa? Pq vc escolheu Espanha?
    Acho que a principal duvida é a grana.. medo de não conseguir se sustentar em um pais europeu, onde o euro vale muito mais que o real..
    Enfim.. Conte-nos tudo!! rsrsrs
    Beijoos!!!