Oi, gentê 😀

No meu primeiro post falei tão rapidinho da minha querida Floripa que decidi contar um pouquinho mais dela hoje aqui pra vocês.

E eu pergunto: sabe onde é que o novo se encontra com o antigo? É em Florianópolis, claro! Na “Ilha da Magia” a população é muito diversificada, e um monte de gente que veio só a passeio acabou se apaixonando pelo lugar e ficando – conquistados, também, pelos manezinhos da ilha, o apelido carinhoso de quem nasce por aqui.

Entre os nativos e os que vieram pra ficar, sabe quanta gente mora nessa cidade linda? Umas 45o mil pessoinhas, segundo a última estimativa do IBGE, feita em 2013. Isso leva Floripa ao posto de segunda cidade mais populosa do estado (a gente perde só pra Joinville).

Tá gostando? Tenho mais informações…

Durante muitos e muitos anos foi feita uma propaganda daqui da cidade, dizendo que Florianópolis possuía 42 praias. Um número bom pra você? Porém, contudo, todavia, entretanto… O Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) realizou um levantamento que mapeou mais de 100 praias – algumas tão desconhecidas que nem tinham denominação.

Aos poucos, vou mostrar algumas delas pra vocês, como a Joaquina, a Praia Mole e a Canasvieiras. Também quero apresentar alguns bairros do continente, como o Estreito, o Capoeiras e o Coqueiros. Sem esquecer, é claro, a famosa Lagoa da Conceição 🙂

floripa-lagoa-da-conceicaoFoto: Rubens Guerra

Mas oh, se estiver pensando em vir pra cá, já separa uns casaquinhos bem potentes, viu? Nós sofremos muita influência dos ventos. Pergunte pra quem já veio sobre o famoso “vento sul”… Ele é inesquecível pra muitos turistas porque é beeem forte. E tem mais: sabia que somos a terceira capital mais fria do país? Isso aí, só perdemos pra Curitiba e Porto Alegre. Aqui em Floripa as estações são bem caracterizadas, com inverno e verão bem definidos.

Pra encerrar, tenho mais uma curiosidade de turista: nosso cartão-postal, a Ponte Hercílio Luz, foi a primeira ligação rodoviária entre a ilha e o continente (óhhhh hahaha). Hoje ela está inativa, até mesmo pra pedestres, mas ainda é iluminada pra encantar a população – e encanta mesmo!

floripa-ponte-hercilio-luzFoto: Olhares.com

Bom, por enquanto é isso. Logo eu volto pra dar minha primeira dica sobre essa cidade que já deu pra perceber que eu amo, né? hehe E se vocês tiverem qualquer sugestão de local pra eu ir é só me falar 😉

Beijinhos,

assinatura_nanda-morais

Obs. A foto principal é do Panoramio, do Encontra SC e do Blog Pirâmides.
  • Bela Flor

    Olá, Nanda.
    Bom saber um pouquinho mais de Floripa, que cidade linda!!!
    Já estive aí e estou tentando me organizar financeiramente para ir novamente….
    Gostaria que vc falasse um pouco da Ilha do Campeche…
    Até mais.

    • Nanda Morais

      Ótima dica, vou me organizar e dar uma passadinha lá pra depois te contar, ok? Vem sim que aqui tem muito pra conhecer ainda 😉
      Beijinhos

  • Amoooo Floripa!!!! Quero voltar logo!!!

  • Jaqueline Novais

    Adoro Floripa! Realmente Nanda os ventos são super fortes, lembro que resolvi ir na praia no fim da tarde e tomei uma surra de areia rsrsrsrsr minha amiga perdeu até o chapéu!

    • Nanda Morais

      Hahaha isso acontece bastante, tem vezes que nem dá pra andar que o “ventinho” não deixa..