Olá, meu povo! Como vocês estão?

A gente está aqui, feliz com as respostas da pesquisa, e com as infinitas ideias que vocês nos deram! Adoramos tudo o que vocês falaram e com certeza vamos colocar muita coisa em prática em breve!

Um dos assuntos mais pedidos na pesquisa foi a organização financeira, e cá estou eu pra trazer uma querida pra ensinar a gente sobre o assunto! A Carol é leitora do blog, e nós duas sempre trocamos figurinhas pelo Facebook – aliás, podem me adicionar lá e me chamar pra papear que eu adoro, ok?

Uma vez ela tinha me mandado uma planilha pra eu fazer um post sobre organização financeira, mas acabei não fazendo, e confesso que não é muito minha praia. Na verdade, devia ser, porque eu sou a primeira que precisa de dicas sobre esse tema.

Hoje ela veio nos dar uma visão geral e básica sobre o controle das finanças, e em outros posts ela vai ajudar essa que vos fala a controlar as contas, e eu vou voltar pra contar pra vocês como está sendo o passo a passo, o que acham?

Sem mais mimimi, com vocês, a Carol!

Assinaturas_Carolina

‘O primeiro passo para se organizar financeiramente é saber quanto você ganha (parte fácil), mas principalmente saber quanto você gasta (parte mais dispendiosa do processo).

Eu já passei por várias fases de organização e desorganização financeira. Já montei várias planilhas diferentes, usei intensamente e parei de usar. Contando a primeira vez que comecei a anotar meus gastos, posso dizer que já se foram uns 6 anos. E toda vez que me desorganizava, ou seja, os gastos “extrapolavam”, era uma fase em que havia parado de preencher a planilha por preguiça, falta de tempo ou outro motivo qualquer, e para conseguir me reorganizar eu voltava a preencher a planilha e pronto, alguns meses depois estava eu lá com as finanças lindas novamente.

Começar a organizar a vida financeira é um pouco trabalhoso, às vezes até chatinho e demanda um tempinho semanal e paciência. Mas vale a pena! A minha dica é a seguinte: monte uma planilha de gastos. Vou disponibilizar a minha, mas é interessante que cada pessoa adeque a planilha à sua realidade.

O primeiro e o segundo meses, e talvez até terceiro, servirão para você entender os seus gastos. É necessário mais de um mês, pois há meses que são diferentes, tal qual o mês que você tira férias, ou faz uma viagem que não é um gasto corriqueiro. Também há meses em que ganhamos mais, ou que temos gastos a mais, como IPTU, IPVA, materiais escolares, etc. Por isso é necessário mais de um mês para ter uma visão mais ampla das finanças.

É importante sempre guardar todas as notas de supermercado e outras compras, que detalham os produtos comprados. Sim, isso é IMPORTANTÍSSIMO! E, além disso, é NECESSÁRIO separar na planilha as despesas em grupos ou itens como: alimentação, produtos de limpeza, higiene, pet, etc. Então, na hora de passar os produtos no caixa do supermercado não misture tudo, passe os alimentos primeiro, depois os materiais de limpeza, depois higiene, etc, daí na hora de passar tudo para a planilha ficará mais fácil. Se o seu objetivo é diminuir gastos, essa planilha deverá ser mais detalhada ainda. Separe carne, bebidas, laticínios, sobremesas, frutas, legumes, lanchinhos. Aí você terá uma noção melhor do quanto você gasta com cada coisa. Mas primeiro vamos começar com a organização básica, depois passamos para a fase de economizar que é uma outra etapa. A organização é a primeira fase.

Organização Financeira

Faça as anotações na planilha pelo menos uma vez por semana ou você pode esquecer o que gastou. Se você paga suas despesas com cartão (débito) é mais fácil de controlar pelo extrato. Se for com dinheiro ande com um caderninho para anotar tudo: lanches, padaria, chicletes, bombons, balinhas, aquele picolézinho, aquela coca-cola no dia quente. Tudo, tudo mesmo. Quando vocês passarem um mês anotando tudo verão como gastamos MUITO dinheiro com coisas que achamos que são baratas e que não são importantes.

Outra coisa importante é detalhar na planilha o que está nas prestações do cartão de crédito, para não perder a noção do que está comprando. Então se tem roupas e sapatos isso entra na parte do vestuário na planilha, se tem supermercado, tem que colocar em alimentos, higiene pessoal ou produto de limpeza, se pagou a gasolina, isso entra em transporte, e assim vai.

Para entender um pouco da planilha, a minha é dividida em alguns itens: Casa, Alimentação, Higiene Pessoal, Limpeza, Estudos, Saúde e Bem Estar, Beleza, Vestuário, Automóvel e Outros. Vou tentar explicar e exemplificar cada um deles.

CASA – Este item é para colocar todas as despesas relacionadas a casa. A maioria dessas despesas é fixa, mas também entram aquelas despesas desagradavelmente inesperadas, como conserto da geladeira, da máquina de lavar, o encanador, etc. Outras coisas que entram aqui também são decoração para a casa, roupa de cama, copos, panelas, etc. Agora se você está fazendo uma reforma na sua casa aconselho a criar o item REFORMA e inserir tudo relacionado à reforma nele. Ficará mais organizado.

Organização Financeira_2

O modo de preencher a planilha é bem simples. Você descreve a despesa e no segundo campo coloca o valor da despesa. Na frente de onde está escrito casa é a soma de todas as despesas descritas abaixo.

Organização Financeira_3

ALIMENTAÇÃO – O item alimentação é de extrema importância na planilha. Principalmente se a intenção futura é economizar, pois esse é um dos itens que mais gastamos e com jeitinho é um dos que mais da para economizar. Abaixo tem um exemplo de preenchimento desse item.

HIGIENE PESSOAL e LIMPEZA – Praticamente compostos de produtos de supermercado, tais como sabonete, shampoo, condicionador, escova de dente, pasta de dente, fio dental para o primeiro e sabão em pó, detergente, água sanitária e outros para o segundo.

ESTUDOS – Em estudos entra mensalidade de escola e/ou universidade, livros escolares, cópias (xerox) de livros, passe escolar, van para crianças e até multas de bibliotecas

SAÚDE – Neste item eu costumo colocar gastos com plano de saúde, médico e farmácia. Também pode entrar aqui gastos com psicólogas, fisioterapeutas (que não seja beleza, pois esse entra em outro item), fonoaudiólogas etc.

BEM ESTAR E BELEZA – Bom, este item é um pouco mais complicado. Juntei duas coisas que às vezes andam juntas, mas às vezes não. Aqui eu coloco despesas com academia e com salão de beleza que estão em bem estar e beleza ao mesmo tempo. Mas também coloco os gastos com minha aula de costura que para mim está em bem estar, mas não está em beleza. Se eu compro maquiagem também coloco aqui. Este está em beleza, mas não necessariamente em bem estar.

VESTUÁRIO – Aqui mora o pecado capital da maioria das mulheres. No meu caso, quando vi o quanto gastava e o quanto faltava para pagar (parcelas do cartão de crédito) consegui segurar meu impulso para comprar mais e, consequentemente, consegui economizar.

AUTOMÓVEL – Neste item entra todos os gastos com o carro: gasolina, manutenção, IPVA, etc.

OUTROS – Tudo que não encaixar nos itens anteriores. Por exemplo: presentes, taxas de banco.

Bom, assim começa a organização financeira. Com um simples preenchimento de uma planilha, que pode ser no computador, em um caderninho ou um livro caixa. O importante é que essa anotação te dê noção geral dos seus gastos. Após uns quatro meses fazendo isso, eu tenho certeza que será mais fácil passar para o passo seguinte que é o controle de gastos e, futuramente, planos financeiros de curto, médio e longo prazo.’

 

E aí? Gostaram?

Sugestões e dúvidas, [email protected]

Ah! E perdão pela qualidade das imagens! Elas são ‘print’ da tabela, que se você quiser, pode baixar clicando abaixo!

Planilha Gastos Morando Sem Grana

assinatura_mila

  • Danielle Bispo

    Olha eu faço uma planilha e anoto nela quase que diariamente todos meus gastos (principalmente os do cartão de crédito). Não tem erro, todos os especialistas aconselham que vc TEM que gastar somente 70% do seu salário. Os outros 30% devem ir para a poupança como se fosse uma de suas contas. No final esse dimdim pode ser usado para outros planos tipo, troca do carro, da casa, viagens e afins.
    Se vc não consegue fazer isso é porque está vivendo um padrão maior do que vc ganha!!! Aí não adianta. Vai viver endividado!

    bjs
    Dani

  • Fran

    Muito bom!!!

    Eu sempre anoto os meus gastos do que eu tenho que pagar, mas aqueles itens (de besteiras, lanchinhos) que gastamos no dia a dia que as vezes são poucos e no final vira um valorzão não anoto, boa dica vou começar a anotar e me organizar direito.

    Obrigada
    Bjs

  • Andréa Mourinne

    Adorei a matéria!
    Estou ainda no processo de tentativas de organização financeira. Sempre começo a anotar no início do mês, com o intuito de registrar cada gasto, mas sempre acabo me perdendo nas contas =/ e acabo parando de anotar no final do mês. Gostei muito da propostas de detalhar cada gasto, eu sempre colocava em blocos muito generalistas. Vou colocar as novas dicas em prática e ver se em consigo chegar até o final do mês com tudo registrado rsrsrs

  • Carina Peres

    Adorei a planilha! Já ahvia baixado algumas, mas as achei meio complicadas. Enfim, veio em boa hora. Depois de alguns meses volto para contar o resultado.

    Beijos

  • Lili

    Gente sempre tentei organizar minha planilha de forma geral, mas nunca chegava em lugar algum, sempre ficava algo complicado e que com o tempo dava a maior preguiça de alimentar.

    Olha.. falo por experiência,meus cartões estão congelados. Hahaha.. pq mulher com cartão na mão é morte lenta nas finanças.

    E o pior eu trabalho gerenciando a conta dos meus clientes e não consigo fazer o mesmo por mim.

    Vou usar essa planilha como base e tentar mais uma vez me organizar. Além de cumprir a promessas de anos, começar o ano novo sem dívidas.

    Beijos

  • valeria

    Vc teria um modelo para me mandar?