Oi gente!

Eu amo animais, já tive gato, cachorro, papagaio, jabuti… e agora, peixes! Só que os preços dos aquários já montados não é lá tão acessível, então, eu e o love resolvemos comprar os itens separadamente e montarmos, e hoje eu vou mostrar para vocês!

Montar um aquário é simples, mas deve-se fazer um breve estudo para que não ocorram problemas com os peixinhos e até mesmo com os equipamentos.

Utilizamos:

– um aquário de dimensões: 15 cm de largura X 19 cm de altura X 30 cm de comprimento, custa aproximadamente R$18 aqui em Belo Horizonte;

aquario1

– 1,5Kg de areia para aquário, que me custou R$4,50;

– 4 plantas decorativas, compradas por R$3,00 cada;

– algumas pedras médias decorativas, paguei R$3 por 7 pedras médias;

aquario2

– um termostato, custa em média, R$10;

– uma bombinha com filtro, custa em média, R$25;

– um termômetro, compramos o externo que se cola no aquário por R$6.

aquario3

Despejamos a areia no fundo do aquário, usando a imaginação, colocamos as plantas decorativas e as pedras, podem-se usar troncos de árvores e peças naturais, mas evitem itens pontiagudos. Optamos por colar um papel preto na parte posterior  externa do aquário, mas é possível comprar papéis com imagens marinhas que ficam bem legais.

Feita a parte decorativa, definimos os melhores locais para instalar o termostato e a bombinha com o filtro. A bombinha serve para oxigenar a água, que é importante para respiração dos peixes, o filtro serve para não deixar a água ficar turva absorvendo as impurezas e restos de alimento, e o termostato mantém a temperatura da água agradável aos peixes, evitando as diferenças bruscas.

O termostato, a bombinha e o filtro devem ser comprados levando em consideração o tamanho do aquário que você irá montar, por isso, pesquise antes de decidir a comprar, se informe também com o vendedor sobre o produto.

Após a decoração e a colocação dos equipamentos, enchemos de água deixando aproximadamente 4 cm abaixo da borda superior. Para o jato de água não atrapalhe a sua decoração, coloque um pires dentro do aquário e despeje sobre ele o jato d’água.

É bom que o aquário fique pelo menos três dias cheio de água e sem os peixes, assim os microrganismos necessários à vida se desenvolvem. Eu e o marido não fizemos isso, mas foi uma lição que aprendi depois de montado!

Os peixes vem da loja em um saquinho com água, e eles estão em uma temperatura diferente do aquário, para não ocorrer um choque térmico, coloque o saquinho dos peixes aberto dentro da água, e deixe lá por 20 minutos, assim as temperaturas se equilibraram. Posteriormente, libere os peixes no aquário utilizando uma redinha (VEJA A DICA VALIOSA LÁ EMBAIXO).

A temperatura da água deve ficar em torno de 26 à 29°C, mas cada peixe vive em uma faixa de temperatura diferente.

A escolha dos peixes é algo muito importante, leve em consideração:
– o pH ideal da água;
– a temperatura;
– o tamanho, se o peixe cresce muito o aquário pode ficar pequeno;
– o comportamento, alguns peixes são muito agressivos se em aquários pequenos, outros peixes são carnívoros e acabam maltratando as outras espécies, etc.

Escolha peixes que compartilham as mesmas características acima, assim os peixinhos não “sofrem”, estude as raças e se informe com o vendedor. Durante a escolha, verifique como está a aparência do peixe, ele deve estar “limpo”, se houver manchas ou pintas brancas, NÃO compre, pois o peixe está contaminado e o aquário da loja também, isso são parasitas (oodinium e íctio). Aconteceu comigo, compramos seis peixes, alguns pararam de se alimentar e ficaram agressivos, outros começaram a se esconder, depois alguns dias eles começaram a morrer, foi aí que pesquisei na internet e descobri, algum dos meus peixes veio contaminado da loja… fiquei triste :’( .

aquario4

Abaixo deixo mais algumas dicas para a montagem do aquário!

DICAS VALIOSAS

– Se você for mesclar as raças do seu aquário, escolha sempre peixes que vivem no mesmo pH de água, existem equipamentos para saber e determinar qual é o pH do aquário, basta pesquisar.

– Não coloque a água que vem no saquinho dentro do aquário, se ela estiver contaminada por parasitas, todo o aquário será contaminado.

– Fique atento à temperatura ideal da espécie, os peixinhos podem morrer de frio ou de calor, pois são sensíveis, e sempre ligue o termostato dentro da água, assim evita que ele queime.

– Embora eu tenha usado areia colorida, li alguns textos que desconsideram o uso da mesma, pois podem conter toxinas que afetam os peixes, se optar por usar, lave-a antes de colocar no aquário.

– Os peixes precisam de algumas horas de iluminação, seja iluminação ambiente ou artificial, certifique-se da quantidade de horas necessárias à espécie. Aprenda a fazer a iluminação artificial no próximo post.

– É necessária a limpeza frequente do filtro, veja a especificação do fabricante, caso não possua, retire e limpe semanalmente.

– Se a água começar a ficar com cheiro ruim, remova os peixes para outro recipiente com um pouco da água do aquário (mantenha nessa água porque ela contém os microrganismos necessários à vida), jogue a água do aquário fora e limpe-o, lave as peças de decoração se necessário, acrescente uma água nova no aquário, repita o processo da estabilização da temperatura colocando o recipiente dentro do aquário, e libere os peixes juntamente com a água.

aquario5

aquario6

Espero que tenham gostado! E SEMANA QUE VEM TEM POST SOBRE A ILUMINAÇÃO DO AQUÁRIO, E SABE O QUE É MELHOR? GASTANDO APENAS R$16! AGUARDE!!!

Dúvidas, críticas e sugestões: [email protected]

Beijocas!

Assinatura_Raquel

  • Luciana

    Aiii! Tenho uma lembrança agradável da minha infância quando ia a feira com meu pai escolher novos peixes para o nosso aquário. Com certeza terei um!
    Agradeço as dicas!

  • Luiza Vasconcelos

    Oi Raquel! tambem sou de belo horizonte. onde comprou o termostato tao barato?? so acho de R$85!! poderia me indicar um local? obrigada!!