Oi, pessoal 🙂

E aí, aproveitaram a dica de leitura que dei mês passado, sobre o livro Louco por Viver? Hoje trouxe mais uma indicação pra vocês, e vou falar de um livro bem interessante, que instiga a reflexão sobre nossa existência e nossa importância nesse mundão.

Pra falar a verdade, eu achei esse livro por acaso. Um dia, na casa do meu namorado, estava mexendo numas coisas e ele praticamente pulou no meu colo! rsrsrsrs Claro que ele não tem vida própria, mas foi como se alguém o tivesse colocado ali pra mim.

Achei o título diferente, com tom espírita – “As cinco pessoas que você encontra no céu”– e não me empolguei tanto, deixei o livro ali no cantinho. Meu namorado também não tinha lido e nem se interessado em ver a sinopse. Então, resolvi ler o resumo na contracapa, e o bichinho da curiosidade começou a agir! Por ser um livro fininho (189  páginas só), acabei me rendendo e trazendo comigo…

Não demorou muito já comecei a ler, e em exatamente 3 dias eu terminei. Isso mesmo: só 3 dias! É como se não existisse capítulo, a leitura é tão rápida e dinâmica que as palavras vão se entrelaçando de um jeito surpreendente. O livro é do autor Mitch Albom, que o escreveu após perder seu tio. Pra quem se interessar, ele tem outros livros na mesma linguagem 😉

Bom, “As cinco pessoas que você encontra no céu” conta a história de Eddie, um mecânico de parque de diversões. E aí você imagina: “que profissão bacana, trabalhar com a diversão dos outros”, mas vai perceber que Eddie não pensa bem assim… Enfim, o personagem morre no próprio parque, onde ficou por toda a sua vida. CALMA, CALMA! Eu não contei o final da história não. Na verdade, o livro conta a história de Eddie no céu!

E é no céu que ele vai entender o verdadeiro significado de viver e a sua importância na vida de cinco pessoas, as quais ele sequer imaginava que existiam. E o mais interessante: Eddie vai conhecer o céu verdadeiro, que não tem nada a ver com aquelas pinturas do paraíso que se vê em muitos livros e filmes.

Com uma visão um pouco espírita sim, mas sem deixar de prender a atenção dos mais religiosos, o livro nos mostra que vivemos numa enorme teia de ligações, que somos ligados uns as outros de uma forma que jamais imaginamos e temos o poder de mudar o destino destas pessoas com apenas um gesto. É doido se for parar pra pensar, mas lendo você reflete coisas do tipo:

“Porque que aquela senhora, dentro de um ônibus com 40 pessoas, veio justamente ao meu encontro desabafar sobre algo da vida dela, sendo que eu sequer a conheço?”

Isso já aconteceu inúmeras vezes comigo e confesso que já ignorei pessoas por estar com tempo curto, cansada ou não querer muito papo mesmo. E, no livro, a gente vê uma outra dinâmica do “negócio”. E como devemos tratar as pessoas que passam por nós? A maior lição que tirei dessa leitura é que devemos rever valores e pensar o que, de fato, é valido em nossas vidas.

as-cinco-pessoas-que-voc-encontra-no-ceu-mitch-albom_MLB-F-2832881572_062012

 

Um trechinho do livro…

  • “Pessoas que se consideravam insignificantes na Terra – percebam, finalmente, o quanto foram importantes e queridas”.
  • “Em meio a tudo isso, e a despeito de tudo isso, Eddie adorava o pai, porque os filhos adoram seus pais, independentemente do mal que eles lhes possam causar. É assim que aprendem a devoção. Antes de se devotar a Deus ou a uma mulher, um menino se devotará ao seu pai, por mais insensato e inexplicável que isto possa ser”.

Custo médio: R$ 24 (varia por livraria/editora).

 

Um beijo e boa leitura!

assinatura_moniky-cruz

NO COMMENTS