Fazer compras na feira é muito bom, não é? Andar ao ar livre, encontrar pessoas, conversar com feirantes, comer um pastelzinho e tomar um caldo de cana são algumas das delícias dessa atividade. Além disso, é possível economizar um bom dinheiro, o que torna tudo ainda mais interessante.

Pensando nisso, preparei algumas 12 dicas infalíveis de como economizar na feira para você que adora comprar alimentos por lá e também para você que ainda não descobriu as maravilhas de uma manhã passeando pelas barracas de frutas, legumes e verduras fresquinhas. 😉

Para começar, é preciso se preparar para ir à feira. Você sabe, planejamento é tudo. Antes de sair às compras, vá à sua cozinha para saber o que exatamente tem lá e o que está faltando. Assim, faça uma lista de compras que contemple os alimentos faltosos e também aqueles que sejam necessários para você preparar algo que já estava em mente para a semana.

Como os alimentos vendidos na feira são, normalmente, perecíveis, o ideal é que a compra seja semanal, em quantidades menores para não desperdiçar. Não se esqueça de anotar na lista quanto precisa de cada produto. Ah, e claro! Pense que tudo deve estar de acordo com o seu orçamento. Quanto você pode e pretende gastar?

Com a lista pronta, escolha o melhor horário para você ir à feira. Uma dica para quem quer economizar é ir mais tarde! Os feirantes costumam abaixar os preços na hora da “xepa”. E, antes de sair de casa, faça um lanchinho básico. O melhor é sempre fazer compras alimentado. Quando estamos com fome, tendemos a comprar muito mais e sem necessidade. Feito isso, pegue seu carrinho de feira ou sua bolsa reciclável e pé na estrada!

como-economizar-na-feira-doze-dicas-infaliveis (1)

Na feira, nada de pressa. Para uma compra eficiente, é preciso ter tempo e pesquisar bastante. Imagine-se em um passeio e ande com paciência pelas barracas; espere para ver todas elas e só depois volte àquelas com melhores preços e produtos. E sempre pergunte pelo desconto de última hora. Não custa nada tentar uma pechincha! Ainda mais que feiras livres são ótimas para bater papo com conhecidos e para fazer novas amizades. Se você é uma pessoa simpática e agradável, certamente colherá bons frutos (nos dois sentidos da palavra!).

De preferência aos alimentos “da época”, pois são mais baratos, já que há uma grande oferta. Para os legumes, uma boa dica são os saquinhos que alguns feirantes vendem por um ótimo preço. Já em relação às verduras, procure revezar, por exemplo, entre alface, agrião ou rúcula, pois essas estragam rápido. E compre maços pequenos. Aliás, só para relembrar, não precisa comprar nada em muita quantidade. Feira tem toda semana! Não se esqueça de adquirir, ainda, temperos naturais (alho, cebola, salsinha etc), mel e ovos (que são bem maiores na feira).

Depois de tanta economia e com as compras feitas, aproveite para tomar aquele caldo de cana e comer aquele pastel! e, quando puder, visite outras feiras livres. Quanto mais conhecimento e pesquisa você fizer, mais economia para o seu bolso.

Até a próxima!

  • Ioná

    Oi Sam! Nessa minha volta pro “fugão” rsrss tenho ido à feira! Vdde tudinho o que vc falou! Em outra dica que vc deu, aprendi a chegar em casa e pré-preparar os alimentos: lavar, cortar e armazenar, agilizou muito a minha semana! Outra coisa que faço é cozinhar legumes no vapor da panela de arroz elétrica. (uma “marrrravilha” quando estou com pressa rsrsrs). Ando precisando de umas receitinhas novas… mas, com preguiça de visitar outros sites… sabe coméhe néh… que tal ein??!!! rsrsrs. Posta receitas naturebas, vindas direto da feira, aí pra gente, Super Samm! Bjooooooo, lindona!

  • miutsu

    Uma ideia legal seria por os horários e os dias das feiras nas principais cidades do Brasil tipo são paulo, rio de janeiro, Curitiba etc.
    E uma dica ás vezes na feira tem açougue, peixaria etc. com preços bem em conta é só verificar a higiene e fazer as compras.